4 principais diferenciais de um Personal Trainer

postado em: Dicas Práticas | 0

Ser um personal trainer no Brasil pode ser um grande desafio, mas logicamente existem alguns diferenciais que permitem deixar o profissional em destaque.

Primeiro, que se entenda que diferencial é sinônimo de especial, algo que se destaca entre os demais. O personal trainer e educador físico que possui alguns destes talentos e características, acabam se destacando dos demais.

Veja as principais características que você como personal trainer deve ter com seus alunos.

 

Controle do próprio estresse

Ser personal trainer exige disciplina, o que nem sempre é tão fácil dado uma agenda bagunçada e dificuldades em fazer melhores planejamentos.

Além disso, caso o personal trainer esteja passando pelos desafios da crise financeira, ele terá que lidar com o excesso de cobrança familiar ou dele mesmo, afinal, é preciso pagar as contas no final do mês e com a carteira e a conta do banco vazia, a mente acaba se preocupando demais.

Nesse sentido, para que você não seja afetado em seu desempenho, é necessário controlar os níveis de estresse, nunca deixando de acreditar no próprio potencial, apesar das circunstâncias!

 

Cordialidade sempre!

A cordialidade nos atendimentos personalizados como personal trainer permite êxito e conquista de clientes!

O que será melhor? Um personal que apesar de ser exigente, sabe ser cordial, ou um personal que não está nem aí para as reais necessidades, dores e dificuldades de seus alunos?

 

Foco nos resultados dos alunos

Cada aluno tem uma necessidade e o personal trainer precisa entender isso. Não se trata apenas de achar que tal método funcionará bem para tais alunos, é preciso seguir um padrão de exercícios para cada grupo ou pessoa – em caso de atendimento individual.

Alguns trabalhos musculares e exercícios ajudam na perda de peso, outros ajudam no ganho de massa muscular magra, então, se o intuito é atender bem, cada grupo ou pessoa deve ser avaliada de maneira individual ou de forma sincronizada. A depender da situação.

 

Estimular a motivação dos alunos de forma contínua

Sem gás nada funciona! O ser humano também sem motivação não tem como dar continuidade a nenhum projeto que inicialmente pensou ser benéfico.

Com os exercícios funciona de maneira similar. Ou seja, se o educador físico, não consegue motivar seu aluno, o mesmo tenderá a perder em resultados, se manterá abaixo do esperado ao ponto que desistirá de dar continuidade aos treinos.

Por esse motivo é importante você saber motivar, estimular seus alunos, fazer um trabalho com prazos e alcances de objetivos. Dessa forma fica mais fácil quando de repente bater a desmotivação, ter seu apoio direcionado, entendendo que você se importa com ele muito mais do que ele mesmo pode imaginar!

São dicas simples, mas que no final das contas fazem grande diferença!

Procurando por algo um pouco mais formatado? Conheça nosso modelo de franquia e resolva todos estes problemas com nossa metodologia.

 

Quero conhecer a franquia Crossfut

 

Deixe uma resposta